Inflação sobe e preço da carne cai no frigorífico

Estabilidade nos preços dos cortes sem osso no atacado. O índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF), desenvolvido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), atingiu em fevereiro o menor valor da série, 117,4 pontos, 9,4% abaixo do registrado em igual período de 2014.

Segundo a definição do índice disponibilizada pela CNC, fica clara a situação consumidor. "O ICF é um indicador antecedente que tem como objetivo antecipar o potencial das vendas do comércio. O indicador tem capacidade de medir, com alta precisão, a avaliação que os consumidores fazem dos aspectos importantes da condição de vida de suas famílias, tais como, capacidade de consumo atual e de curto prazo, nível de renda doméstico, condições de crédito, segurança no emprego e qualidade de consumo presente e futuro." (CNC)

A diferença entre o preço atual e o registrado há um ano vem diminuindo a cada semana. Atualmente está em 12,0%, quatro pontos percentuais acima da inflação, o equivalente a ganhos reais.

Em 2014, no mesmo período, os preços estavam 27,0% superiores ao registrado doze meses antes.

Já na variação mensal, os preços dos cortes sem osso caíram 0,89%, enquanto a inflação medida pelo IPCA no último mês ficou em 1,22%. Em janeiro havia sido de 1,24%. Desde o começo do ano, houve desvalorização de 3,35% da carne vendida pelos frigoríficos.

As margens das indústrias estão historicamente estreitas.
 
Fonte: Scot Consultoria
PR 218, N° 500, PQ. INDUSTRIAL, SABÁUDIA- PR +55 (43) 3151-1566 contato@copergim .com .br

A Copergim

Temos o expertise necessário para cuidar da melhor compra e da melhor venda, dispomos de profissionais qualificados para avaliar, entender e colocar para sua empresa os melhores produtos oferecidos pelo mercado

Qualidade e eficiência em cada negócio fechado. Esta é a nossa marca.

Assine nosso Boletim

Apresentação

JoomShaper